CONTATO AGORA

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DOENÇAS DO COURO CABELUDO E COMO TRATÁ-LAS?

Para termos um cabelo saudável e bonito, precisamos ter uma certa atenção em nossa rotina diária de cuidados com eles.

E a prova disso, é a infinidade de produtos que encontramos no mercado hoje em dia para os nossos fios, pois as pessoas estão cada vez mais exigentes e preocupadas com eles.

Por isso, quando percebemos algum sinal de que a nossa saúde capilar não anda bem, a preocupação logo vem.

Nada é mais desconfortável que coceiras na região da cabeça, não é mesmo? Quando há descamação então, nem se fala. Pois saiba que é preciso dar a devida atenção ao problema, pois são alguns dos principais sinais de doenças do couro cabeludo.

Neste artigo, você vai conhecer quais as principais doenças do couro cabelo e como tratá-las. 

Foliculite

A foliculite é uma inflamação nos folículos pilosos e os principais sintomas são: pele avermelhada, coceira e pequenas bolhas de pus. Ela ocorre quando os folículos são infectados por bactérias, fungos ou vírus e pode atingir também outras partes do corpo, como barba, virilha, axila, ou qualquer outra área que tenha pelos. 

O tratamento vai depender muito do estágio da doença. Por isso, é muito importante procurar ajuda profissional o quanto antes, para que ele possa prescrever as medicações mais indicadas, como antibióticos em loções tópicas ou por via oral.

Dermatite Seborreica:

Conhecida por muitos como caspa, ela surge devido a fungos, alergias, alguma mudança na produção de sebo pelas glândulas sebáceas, o que leva a oleosidade do couro cabeludo.

É uma doença muito comum e frequente nas pessoas e a região atingida fica com placas ou crostas, além de avermelhada, com coceiras e descamação. 

Para tratá-la é necessário o uso de shampoos com ação antifúngica e anti-inflamatória.

Pitiríase: Esta é uma doença causada por fungos. Ela é chamada também de tínea capilar. 


A Pitiríase causa coceira e descamação, além da queda temporária do cabelo em alguns casos. Os fungos causadores desta doença são ativados devido à mudanças no pH da região, à sudorese em excesso e até mesmo ao estresse.

Dermocosméticos anti-fúngicos estão entre os tratamentos para a pitiríase, e em poucos dias os efeitos já podem ser notados.

Eflúvio telógeno:

É uma condição caracterizada pela queda em excesso e diária dos fios. É de fácil percepção ao lavar os cabelos ou então ao penteá-los.

Sua causa está ligada a algum acontecimento que ocorreu pelo menos três meses antes do início da queda. Isso porque o período de preparo para a queda dura de dois à três meses e assim, os fios se soltam ao final deste ciclo.

Dentre estes eventos estão: pós-partos, febre, sinusite, pneumonia, dietas restritivas, doenças infecciosas, cirurgias, entre outras.

Para o tratamento são indicadas medicações estimuladoras para acelerar o processo de crescimento capilar, além de uma análise do caso para investigar alguma falta de vitaminas ou ferro.

Alopecia Areata:

A alopecia é um problema que provoca a queda de cabelo ou dos pelos. Ela pode aparecer por conta de doenças autoimunes, dermatites ou por fatores genéticos.

Vale ressaltar que não é uma enfermidade contagiosa e está diretamente ligada a quadros emocionais, traumas físicos, quadros infecciosos, entre outros.

Entre os tratamentos estão o minoxidil, corticóides associados à sensibilizantes (difenciprona e antralina) ou metotrexate. Também é possível tratar com corticóides injetáveis no couro cabeludo para estimular o folículo a produzir cabelo e reduzir as falhas.

Alopecia Androgenética:

Também conhecida como calvície, ela afeta tanto homens como mulheres, embora seja mais comum nos homens devido principalmente, à ação do hormônio DHT (di-hidrotestosterona) que afina os fios capilares progressivamente até começarem a cair.

O uso de bloqueadores hormonais, medicamentos por via oral, loções capilares e o uso do minoxidil, são algumas das recomendações médicas para fazer com que os fios voltem a crescer e a perda capilar seja “estacionada”. Porém, em alguns casos o transplante capilar é a melhor solução para recuperar a perda dos fios e a estética do paciente, colocando um ponto final definitivo na calvície.

É muito importante buscar ajuda médica para tratar as doenças do couro cabeludo. 

Na Stanley’s Hair, temos os métodos mais avançados disponíveis no mercado e profissionais qualificados para te ajudar no tratamento.

Quer saber mais sobre as doenças do couro cabeludo e falar diretamente com os nossos especialistas? 

Entre em contato agora mesmo através do nosso botão do Whatsapp e faça uma avaliação gratuita!

TRABALHE CONOSCO

Preencha abaixo com suas informações

Simulação de Financiamento