CONTATO AGORA

MINOXIDIL – TENHO QUE USAR PARA SEMPRE?

Um pouco da história do minoxidil

O Minoxidil é um dos produtos mais procurados para o tratamento de calvície, falhas na barba e até sobrancelha, desenvolvido na década de 70.

É uma substância ativa que estimula o crescimento capilar, melhora a circulação sanguínea e promove a absorção de nutrientes no bulbo capilar, auxiliando no crescimento de pelos e cabelos, tanto em homens como em mulheres. 

O minoxidil era utilizado inicialmente para o tratamento da Hipertensão Arterial, pois o seu mecanismo de ação tem a capacidade de vasodilatação, o que diminui a pressão dentro dos vasos sanguíneos. Contudo, os pacientes começaram a notar também uma melhora na queda capilar.

Com o passar dos anos, novos medicamentos para tratar a pressão alta foram surgindo e o minoxidil parou de ser utilizado com esta finalidade, e sim para tratar a queda de cabelo.

Como o medicamento age ?

No tratamento da alopécia androgenética (calvície), o mecanismo de ação do minoxidil é dividido em três efeitos.

  1. Vasodilatação:  o minoxidil aumenta o calibre dos vasos sanguíneos, melhorando o fluxo sanguíneo para o couro cabeludo.
  2. Angiogênese: aumenta o número de vasos sanguíneos no couro cabeludo .
  3. Aumento da fase anágena: O cabelo possui três fases no seu ciclo de vida. Fase anágena ( crescimento) , catágena (repouso) e telógena ( fase de queda). O minoxidil aumenta o tempo que os fios de cabelos ficam na fase anágena, que é a fase de crescimento .

Duração do tratamento da calvície

Sabemos que a alopecia androgênica, ou calvície, tem origem genética e hereditária e pode levar à perda total ou parcial dos cabelos. Entretanto, a existência de um ou mais casos na família não significa necessariamente que calvície se manifestará. Portanto, nem toda queda de cabelo é sinal de calvície. 

Enquanto um caso é genético, o outro pode ter origens diversas como problemas hormonais, fumo, álcool, estresse, uso excessivo de tinturas, alisantes, carência de algumas vitaminas e nutrientes. Tudo isso pode comprometer o crescimento e a vitalidade dos cabelos e resultar numa queda maior do que o normal.

Vale ressaltar que o tratamento com minoxidil não irá alterar a genética da calvície, apenas irá diminuir a intensidade e evolução da queda de cabelo. Portanto, ele deverá ser contínuo e por tempo indeterminado.

Efeitos colaterais

O Minoxidil pode provocar alguns efeitos colaterais, mas tudo depende do organismo de cada pessoa. Cerca de 3% dos pacientes podem apresentar alergia. 

Alguns dos colaterais mais comuns são: crescimento de cabelos em outras partes do corpo, coceira e descamação do couro cabeludo. Nestes casos, suspender o uso e usar uma loção de corticóide é o tratamento indicado.

Lembre-se que todo e qualquer tratamento deve ser feito com orientação médica, portanto, se você perceber que o seu cabelo está caindo mais do que o normal procure um médico especialista para descobrir quais podem ser as causas dessa queda.

Na Stanley’s Hair, contamos com os mais inovadores tratamentos capilares e em casos mais graves, o Transplante Capilar é a melhor solução.
Agende uma Avaliação Premium Gratuita com a nossa equipe através do nosso botão de Whatsapp aqui na tela e fale com um de nossos especialistas hoje mesmo!

TRABALHE CONOSCO

Preencha abaixo com suas informações

Simulação de Financiamento